sexta-feira, 22 de maio de 2009

Curiosidades

Pessoal, eu não sei se vocês já ouviram falar da história de que muitos fantasmas aparecem durante filmagens cinematográficas. Tem um que ficou bem famoso por um tempo.

Para aqueles que assistiram o filme Três solteirões e um bebê devem ter percebido um personagem a mais durante uma cena.

A lenda diz que o lugar usado como locação daquela cena era um apartamento onde uma familia morava feliz, até que do nada um garotinho que brincava na sacada do apartamento cai e morrre na hora.

Em uma cena onde o pai do bebê ( que eu não recordo o nome) entrega a filhinha dele para a sua mãe, se você prestar atenção no fundo da cena, você verá um garoto bem na janela da sacada.
No começo, a maioria das pessoas achavam que aquele garoto tinha entrado no set de filmagem escondido, mas ao assistir o filme, os donos do apartamento disseram que aquele garoto era o filho deles que tinha morrido.

História legal, né? Quero dizer para se contar para os amigos e não para o garotinho.


video
Reparem na parte que a velhinha pega a bebezinha e muda do quarto para a sala,
por volta dos 36 segundos

Dica: Spaced


Bom pessoal, como prometido eu irei escrever muita coisa sobre muitos assuntos. O assunto escolhido de hoje é um seriado feito para internet chamdo Spaced.

A primeira vez que eu assisti esse seriado foi em uma madrugada que eu não tinha nada para fazer, e então para acabar com o tédio eu comecei a fuçar no orkut dos outros, e em um perfil eu achei algo como seriados cult. Já que não tinha nada para fazer mesmo, eu acabei entrando e lá tinha um link para baixar os episódios dessa série. Com muita culpa na consciência eu baixei um episódio - Vocês sabem que eu nunca baixo as coisas pela internet, mas depois em um outro post eu ensino como baixar episódio da quinta temporada de Lost. Quando eu assisti aquele episódio eu percebi que eu tinha passado 22 minutos dando boas risadas. Spaced é muito engraçado, ele mistura realidade com tosqueira, o que dá um visual mais leve para a serie.

Spaced é estrelado por Simon Pegg (Todo mundo quase morto) e Jessica Hynes(Também no filme Todo mundo quase morto). A história gira em torno de um casal de amigos que para pagar menos no aluguel decidem morar junto em um apartamento. Mas no apartamento todos os vizinhos são bem estranhos.
Se você curte um clima bem inglês e piadas de humor negro, com certeza essa série é uma boa pedida.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Dica: The facts in the case of Mr. Hollow

Para começar a nova era de posts do Z88mm eu gostaria de começar falando sobre um curta metragem muito interessante que vi na internet e que vai participar do Cannes Short film corner. O video se chama The Facts in case of Mr. Hollow. O curta é muito legal por que conta uma história apenas com uma fotografia antiga. O diretor leva as pessoas para uma viagem no cenário daquela foto e nos mistérios escondidos nela. Outro ponto interessante é que nada é dito durante o curta, apenas os movimentos da camêra criam um diálogo.

Não entendeu o que eu disse? Então assista ao trailer
video

Caros leitores


Olá pessoal, Eu gostaria de pedir desculpas a todos os leitores deste blog por não escrever o tanto que eu gostaria de escrever para todos vocês.

Mas agora eu prometo que todo e qualquer momento livre que eu tiver, estarei postando alguma coisa.

Também gostaria de pedir sugestões aos nossos leitores. Vocês podem pedir qualquer coisa, resenha de filme, curiosidade, fotos, críticas, qualquer coisa de qualquer tipo de filme, comédia, romance, trash e até pôrno.

Resumindo, por favor, continuem a ler os nossos posts e muito obrigado pela compreensão de todos.

sábado, 4 de abril de 2009

Novos textos em breve

Logo-logo estaremos escrevendo novos equivocos neste solitário blog.

domingo, 30 de novembro de 2008

Dicas de filmes: Violência gratuita

Funny games aqui no Brasil foi chamado de violência gratuita. O filme conta história de uma familia que um dia é visitada por dois rapazes, muito educados que só pedem alguns ovos emprestados. Mas é aí que começa os problemas, os dois não vão mais embora e começam a torturar a familia, fazendo uma aposta de que até o dia seguinte eles não estariam mais vivos.

Crítica

O filme é bem legal, no começo ele parece meio paradão, sem graça, mas depois as coisas mudam, ele começa a ficar mais sangrento - o que eu acho bem legal. Esse filme na verdade é uma refilmagem de um filme de 1998, que tem o mesmo nome, para falar a verdade o filme é todo igual ao antigo, os personagens são os mesmos, as roupas são as mesmas, os enquadramentos, até o diretor é o mesmo. Bem original, não?
Mesmo assim foi legal passar uma hora e meia vendo uma familia sendo torturada e sangrando - nao que eu goste de sangue - na telinha do meu computador.
Outra coisa curiosa no filme, é que do nada, ele tem umas viajadas. Em uma cena um dos torturadores começa a falar com o telespectador, como se nós pudessemos escolher o final da história, em outra cena esse mesmo torturador pega um controle remoto e rebobina o filme, acabando com uma ponta de esperanaça que é criada no telespectador que adora quando o mocinho se dá bem. Se o filme todo tivesse essa coisas eu não acharia estranho, mas não, sao apenas algumas vezes onde o que voce menos imagina é que o filme se tornaria um filme da Walt Disney.

Mas são essas doideras que deixam o filme interessante, ele é pesado, chocante porém divertido.

Mas uma coisa não me agradou muito. eu achei que a atuação da familia deveria ser um pouco mais nervosa, eu achei que poderia ter um pouco mais de choro em algumas partes que realmente pediam.

Mas o que eu posso fazer, já que o bom do filme são as suas excentricidades.

Bom, assistam e depois deixem um comentario para dizer se gostou ou não do filme.



terça-feira, 25 de novembro de 2008

Dedos em Greve

O Sag (Screen Actors Guild) que responde por 120 mil atores de Hollywood está ameaçando entrar em greve nos próximos dias. Depois da greve dos diretores e roteirista (no começo do ano) isso seria um soco no estômago da indústria cinematográfica.

É de praxe que uma greve busca por "melhores" condições, mais participações nos trabalhos feitos e tal. Mas você pode pensar "As celebridades já não ganham o suficiente?" Realmente elas (es) ganham, mas NÂO há 120 mil atores faturando milhões com filmes e programas. E é isso que me faz olhar para essa suposta greve com atenção, há muito figurantes, atores de pequeno porte que fazem seus trabalhos de forma bacana, colaboram com o filme, pois sem eles não haveria "vida" dentro das telonas. O que seria do Titanic apenas com o Dicaprio e a Kate Winslet à bordo? Seria melhor ter gravado o filme num barquinho de pescador.
Mas enfim, não quero ver acontecer essa greve, pois tem muito coisa bacana que pode ser deixada de lado devido a isso. Hollywood, calçada da fama, vamos ser um pouco menos egoísta em relação aos lucros. Ah, vai vamos?!